quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Plano Diretor - O momento que nos restou é esse

O objetivo maior que um Plano Diretor pode garantir é aquele em que a ocupação do território permita a toda a população ter uma qualidade de vida superior.
Por maiores que sejam as ações públicas de descentralização, o bairro centro de São Leopoldo é o grande ponto convergente da maior parte das atividades de todos que moram ou visitam a cidade.

Para que milhares de pessoas que circulam pela área central encontrem nessa região um ambiente agradável e que não agrida a saúde, é fundamental a preservação e a ampliação da cobertura verde nos bairros adjacentes.

Na próxima sexta-feira, dia 18/11, 19 horas, na Escola Gusmão Brito, ocorrerá a 1ª audiência pública, promovida pela prefeitura municipal, para discussão do Plano Diretor com a população.

O momento de nos fazer ouvir é esse. Podemos ter nossas suspeitas, nossas desconfianças, mas o jogo estabelecido é esse e não podemos nos omitir nesse momento, pois do contrário, não teremos legitimidade alguma em discutir esse assunto no futuro e nem mesmo reclamar por qualquer aspecto negativo que a cidade possa apresentar em relação ao Plano Diretor.

Portanto, conclamamos a todos que desejam que esta cidade ofereça um ambiente digno às futuras gerações, que compareçam em peso à Audiência Pública.

 

Revisão do Plano Diretor

Motivados pela supressão de áreas verdes e matas nativas na nossa cidade para fins de especulação imobiliária, nós exigimos a imediata REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE SÃO LEOPOLDO!

ASSINE!

Fique sabendo sobre as últimas novidades do "Amigos do Morro do Espelho"

Insira seu email:

Delivered by FeedBurner