quinta-feira, 7 de julho de 2011

Empurrando goela abaixo

Ao anunciar que ofereceu quase R$ 7 milhões pela compra da área do antigo Imalas e pede urgência na votação de mais este absurdo, a prefeitura de São Leopoldo demonstra mais uma vez seu estilo nada participativo de governar.

Com a justificativa de que o município não pode realizar festas sonorizadas com alto volume até o amanhecer, a atual administração de São Leopoldo pretende adquirir o imóvel onde já foi a antiga academia Imalas para criar ali um centro de eventos.
E esse polêmico projeto, a prefeitura pretende empurrar goela abaixo da população, como tem sido a maior parte de seus projetos.
Gostaria de ver no jornal Vale do Sinos, assim como costumam fazer quando há um grande prêmio acumulado na Mega-Sena, uma comparação, mostrando o que poderia ser feito com R$ 7 milhões. Certamente todos poderiam ter uma noção ainda maior de que essa pretensão é absolutamente descabida. Principalmente porque já podemos imaginar que ali estará sendo construído na verdade, um palanque eleitoral. E cabe ressaltar que o tal imóvel terá que sofrer uma gigantesca reforma, o que poderá custar a mais, cerca de R$ 5 milhões, especula-se.
E pior é ver o teatro sendo armado. A notícia do jornal que reproduzimos aqui, diz que a prefeitura levará os vereadores para conhecer o local, na tentativa de convecê-los a aprovar esse disparate. Como se ninguém soubesse que praticamente 100% da câmara de vereadores trabalha para respaldar esse governo, fazendo de conta que existe debate democrático nos projetos que são encaminhados pelo executivo. Queremos ver como a minoria que se identifica como oposição se manifestará contra mais essa truculência.
De momento, o que o nosso movimento procura fazer é tentar mostrar para as pessoas de que forma que age esse governo. Esse é mais um exemplo de como a verba de um município pode ser mal empregado.

Diante de uma situação dessas, convocamos a todos, que de uma forma ou de outra, compartilham conosco essa forma de ver a cidade, que se manifestem comentando aqui no blog, propagando a discussão através da internet, nas redes sociais, conversando com as pessoas e incentivando-as a entrar nesse debate, emitindo suas opiniões, mesmo que isso seja contra a vontade do senhor Ary Vanazzi.

7 comentários:

Havengar disse...

Há poucos dias, o secretário de planejamento Paulo Borba, disse a um público que o assistia em debate sobre o pseudo Plano Diretor da cidade (o público o convocou para isso), que os investidores da cidade devem saber o que os esperava, para poderem investir aqui, e para isso o "terreno deve ser preparado". Interessante o ponto de vista empreendedor do secretário, que desconsidera qualquer participação da comunidade que há anos opera a cidade e escolhe seus lugares para investir, justamente por saber que tipo de investimento aquele lugar pode receber. Percebemos que isso foi modificado no escuro, às custas de quem já investiu na cidade. Muitas vezes, vemos o dinheiro de uma vida de TRABALHO VERDADEIRO que proporciona uma renda DIGNA, ser reduzido a nada pela voracidade imobiliária especulativa, com o apoio dos políticos que devem suas campanhas à esse movimento. Dentre outros casos, vide a construção do centro comercial ao lado do edifício Alpendre, fundos do Bourbon Shopping, que enterrou os investimentos familiares e colocou a vida dos que ali habitam no escuro, sem sol, sem ventilação e sem valorização do seu imóvel.

Essa visão empreendedora do investimento na cidade, deve ter tido o investidor do Imalas, que dá pulos de alegria ao saber que sua área foi declarada de "interesse público", vejam só, um interesse público, sem manifestação de ninguém??? E o problema do ruído será justificativa para os que na região da São Borja habitam? Vemos mais um compromisso de campanha nascente, numa votação declarada de urgência, sem debate para outras soluções e encaminhamentos de nossas reais necessidades, as básicas...MEU DEUS NOSSO SENHOR,TE SUPLICAMOS DO FUNDO DE NOSSAS ALMAS, LIVRAI-NOS DESTE MAL, LIVRAI-NOS DESSA VORACIDADE DOS QUE QUEREM ENRIQUECER SOBRE O TEU SOFRIDO POVO. AMÉM.

Fernando Ferro disse...

Precisamos urgentemente de novas figuras políticas na cidade. Gente com profissão definida, que se dedidique a sua comunidade e que não faça das estruturas de poder e de suas relações a sua salvação financeira. Pensemos nisso São Leopoldo.

Fernando Ferro disse...

Outra coisa, tudo indica que logo teremos a festa da colonização chinesa no município (com lei e tudo) e nada melhor para comemorar os chineses, do que um lugar cujo transação será o verdadeiro negócio da China... Aliás, já que agora somos co-irmãos dos chineses porque temos um polo de tecnológico, os softwares que deveriam estar sendo produzidos por aqui, me disseram os chineses, estão vindo da Índia. Daqui, só sai encomendas! Acho que é informação falsificada...esses chineses...

felipe disse...

isso aqui virou um site de ofensas a prefeitura, nao de proteção ao meio ambiente, que vergonha...

Marcos disse...

Me indicaram este site, para discutir as questões ambientais, mas parece que movimento politico de oposição.fui

Anônimo disse...

palhaçada do nosso prefeito não pensa no povo e sim no seu proprio bolso vejam só numa campanha eleitoral disse q festa popular não deveria ce pagar e no entanto que absudo o valor do ingresso da sao leopoldo fest eu me lembro muito bem da promessa mas como é politico ja estamos acostumados viva sao léo.

Anônimo disse...

palhaçada comprar uma area que esta em pleno funcionamento e que faz parte do dia dia de centenas de muitas pessoas que frequentam o complexo esportivo, um dos melhores da cidade e que esta para ser demolido com essa aquisição da prefeitura...

Revisão do Plano Diretor

Motivados pela supressão de áreas verdes e matas nativas na nossa cidade para fins de especulação imobiliária, nós exigimos a imediata REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE SÃO LEOPOLDO!

ASSINE!

Fique sabendo sobre as últimas novidades do "Amigos do Morro do Espelho"

Insira seu email:

Delivered by FeedBurner