terça-feira, 12 de julho de 2011

COMPRA COM DINHEIRO PÚBLICO DE ÁREA PARTICULAR: tudo começou com com um simples milhãozinho!







Em março/2011, circulou na mídia a seguinte informação sobre área de eventos em São Leopoldo:


Vanazzi busca recursos para cobertura do Largo Rui Porto

São Leopoldo





O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, se reunirá em Brasília (DF) nesta quinta-feira, 24 de março, às 11h, com o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia. Eles irão discutir a emenda parlamentar que irá repassar R$ 1 milhão para São Leopoldo. O recurso será destinado à construção da cobertura do Centro de Eventos no Largo Rui Porto.

A ideia do prefeito é de que a obra esteja concluída já para a São Leopoldo Fest em julho desse ano. “Vamos tornar o largo cada vez mais atrativo e confortável para grandes eventos. É o caso da São Leopoldo Fest, que marca a chegada dos primeiros imigrantes e é referência para a região. Nossa cidade merece esse investimento”, destacou.

Fonte: http://www.portalsaoleo.com.br/sao-leopoldo/vanazzi-busca-recursos-para-cobertura-do-largo-rui-porto


Nesse mesmo ano fatídico, outra publicação com mesmo teor, em meio a outra polêmica das parcerias:

Área do CPC estará liberada em 45 dias

Terreno vai abrigar novo prédio da Prefeitura até o final de 2011.






São Leopoldo - Em 45 dias, a área do antigo Centro de Pequenas Compras (CPC) estará preparado para o início da obra de construção do novo Centro Administrativo. O desmonte das estruturas metálicas começou esta semana. Ontem, o prefeito Ary Vanazzi (PT) esteve no local. ‘‘A cobertura é forte, de boa qualidade e será de grande utilidade no Largo Rui Porto, economizando investimento em mais de 2 mil metros quadrados e dando o pontapé inicial para o que será o futuro Centro de Eventos de São Leopoldo.’’ Conforme o secretário de Administração, Edvaldo Cavedon, os comerciantes do local serão transferidos para outras áreas.

Audiência pública

Fora do canteiro de obras, o novo prédio da Prefeitura está gerando discussões sobre estilo arquitetônico e preservação histórica. Na Câmara de Vereadores, está protocolado um pedido de audiência pública pelos estudantes de Arquitetura da Unisinos e Feevale, junto com a Associação de Engenheiros e Arquitetos do Vale do Sinos (AEA). Objetivo da audiência é discutir o projeto do Município, de sete andares, estilo enxaimel para abrigar todas as secretarias, como explica o prefeito Ary Vanazzi. Conforme o professor de Arquitetura, Fernando Pasquali, é possível construir um prédio de três andares, para ocupar toda a área, e abrigar todos os serviços, mas em sintonia com todo o entorno histórico.

Fonte: http://www.jornalnh.com.br/sao-leopoldo/263259/area-do-cpc-estara-liberada-em-45-dias.html

E enquanto isso, água para quê? Qualificação do Hospital? Equipar Escolas? Tratamento de esgoto? Não dá "negócios".

Dessa forma, não nos resta outra alternativa senão compará-los às palmeiras que estão espalhando pela cidade: sem função nenhuma, no lugar errado e muito caros.

1 comentários:

Fernando Ferro disse...

E a argumentação de que há muitos transtornos na região e tal, com barulhos, montagem cara, era diferente naquele momento? Está muito evidente o que está acontecendo...

Revisão do Plano Diretor

Motivados pela supressão de áreas verdes e matas nativas na nossa cidade para fins de especulação imobiliária, nós exigimos a imediata REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE SÃO LEOPOLDO!

ASSINE!

Fique sabendo sobre as últimas novidades do "Amigos do Morro do Espelho"

Insira seu email:

Delivered by FeedBurner